Você sabia que a maior causa dos incêndios em casas e edifícios é devido a problemas nas instalações elétricas?

Você sabia que boa parte dos acidentes graves e fatais em casa e no trabalho são por choque elétrico?

O qual é o efeito que se manifesta no organismo humano quando é percorrido por uma corrente elétrica.

Você sabia que uma corrente elétrica 20 vezes menor do que a necessária para fazer funcionar uma lâmpada de 100 watts é o suficiente para causar graves danos em nosso organismo, e pode levar a morte dependendo das condições, como por exemplo, se ocorrer tomando banho, saindo da piscina ou se circular pelo coração.

Infelizmente, pouca gente sabe disso e desdenha do perigo de instalações e equipamentos elétricos de baixa tensão. A maioria das pessoas já passou pela experiência de um choque elétrico e por terem saído ilesas consideram esse tipo de acidente inofensivo, ignorando por completo os efeitos ocorridos em suas células , órgãos vitais e sistema nervoso. Alguns até acham engraçado “levar um choque” e até se orgulham por suportar um choque, e o pior “tiram um sarro”, como diz no popular, daqueles que se protegem , desmotivando-os , considerando exageradas as medidas de prevenção. É a completa banalização do perigo e o desconhecimento sobre a ocorrência estimada de mais de mil mortes por ano, no Brasil, decorrentes de acidentes com eletricidade; muitos deles em situações corriqueiras e em baixa tensão, isso mesmo, os 110 volts da tomada em casa ou os 220 volts do chuveiro ou do portão automático da garagem. E há também aqueles que acham tudo muito caro, preferem comprar equipamentos e materiais mais baratos, suprimir dispositivos de proteção e delegar a execução e manutenção da instalação elétrica a um profissional não qualificado para essa atividade, como por exemplo, o pedreiro, o porteiro, não os desmerecendo, mas a especialidade é outra, muitos desconhecem dos efeitos nefastos de uma instalação elétrica mal feita e dos riscos a que estão se expondo e que estão oferecendo aos outros. Hoje no Brasil, existe uma Norma do Ministério do Trabalho, a NR-10, que determina que os trabalhadores que executam serviços em eletricidade tenham treinamento especifico para saber dos riscos existentes na atividade e assim se proteger e proteger aos demais, pois não adianta ele saber o que não deve fazer se não saber o porque, é devido a essa falta de conhecimento que muitos desdenham da energia elétrica e “afrouxam” na prevenção. Que pena que a Prevenção não possa ser medida, que a morte daquela criança que foi evitada pelo uso do DR não possa ser informada, que o “Jornal Nacional “ não possa noticiar o incêndio catastrófico que deixou de ocorrer naquele grande deposito, porque, a duras penas e contrariado, o proprietário se convenceu a trocar a fiação de mais de 20 anos. Que pena que precisamos primeiro sofrer com as consequências para depois tomarmos uma atitude!